Governo do Ceará

Telefones úteis

Rede Social

  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • photos/123957969@N07/sets/
  • seduc_ceara
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto

EEFM Tome Gomes

 

 

EEM TOMÉ GOMES DOS SANTOS

 

Educação, o caminho para o sucesso”

 

 

 

Rua Orleans Farias, s/nº – Santa Cecilia

 

Paramoti-Ce – CEP:62736-000

 

Fone Fax: (85) 3320-1418

 

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

 

 

 

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO

 

2017

 

 

 

 

 

 

 

Núcleo Gestor (2013-2017)

 

 

 

Diretor

 

Francisco Ferreira Costa

 

 

 

Coordenadores Escolares

 

Mônica Silva Pinho Pontes

 

Rita Maria Pinheiro Pires

 

 

 

Assessora Financeira

 

Katiana Gomes Ribeiro

 

 

 

Secretária

 

Maria do Socorro Vieira Pinto

 

 

 PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO 2016

 

 

 

01. Diagnóstico da Escola

 

 

 

1.1 História da EEM Tomé Gomes dos Santos

 

 

 

A atual EEM TOME GOMES DOS SANTOS, antiga ESCOLA ISOLADA DE SALDANHA, no início funcionava em uma Igrejinha em frente a Praça Coronel Epifânio. No final da década de 30, foi construído um prédio com um único compartimento onde funcionavam duas turmas, nos turnos: manhã, intermediário e tarde. O referido prédio foi construído ao lado da Igrejinha, onde funcionava a escola em um terreno doado pelo Sr. RAIMUNDO GOMES DOS SANTOS e com a ajuda do Prefeito de Canindé-CE, Sr. LUIZ MAGALHÃES VIEIRA, que doou a quantia de Cinco Mil Reis. As professoras eram de Fortaleza, e as primeiras foram: MARGARIDA DO SACRAMENTO PEREIRA, IVONE BARBOSA, ALBA LARANJEIRA, LUISITA CAMPOS, ILDA CAMPOS E OUTRAS.

 

As primeiras professoras deste município a se formarem em Fortaleza e lecionar nessa Escola, foram: EIDA ZENNA GOMES e MARIA DE LOURDES SOARES FEIJÓ.

 

Nessa época não existia a figura do DIRETOR e sim do INSPETOR ESCOLAR. O primeiro foi o Sr. HONORATO FEIJÓ DE MELO, o segundo, Sr. CESÁRIO FERREIRA GOMES e o terceiro o Sr. TOMÉ GOMES DOS SANTOS.

 

A Escola Isolada funcionou nesse pequeno prédio até o início da década de 60, quando foi construído o prédio onde funciona atualmente.

 

Em 1965, já no novo prédio e conforme Diário Oficial do Estado do Ceará de 17/10/1965, a referida Escola foi denominada ESCOLAS REUNIDAS DE PARAMOTI e em 1975, teve seu nome mudado pela terceira vez, passando a denominar-se ESCOLA DE 1º GRAU DE PARAMOTI conforme Decreto n.º 11.493 de 17/10/1975. Em maio de 1983, a Escola mudou novamente de nome, dessa vez para ESCOLA DE 1º GRAU TOMÉ GOMES DOS SANTOS – Decreto n.º 15.961 de 23/05/1983 e recentemente, conforme o Decreto n.º 25.826 de 28/03/2000, foi denominada ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO TOMÉ GOMES DOS SANTOS.

 

Sua primeira Diretora foi a professora Adelaide Ferreira Gomes, que permaneceu no cargo por cinco anos. Em 1970, a professora Maria Iolanda Feijó Camelo é nomeada Diretora e ficou no cargo até outubro de 1982.

 

Até 1980, funcionava apenas o 1º Grau Menor. Em 1981, chegaram a Paramoti, a convite do Prefeito José Almir Soares Feijó, para dar início ao 1º Grau Maior as professoras: Áurea Maria Alves Ferreira, Adalgiza Neta Ferreira Costa e Célia Maria Cordeiro Marinho, que no final de 1982, assumiu a Direção da Escola até 13/11/1988. A partir dessa data, assume a Direção, a professora Áurea Maria Alves Ferreira até 29/05/1990, quando a professora Rita de Cássia de Sousafoi nomeada Diretora, ficando no cargo até 30/11/1995 e em 31 novembro do mesmo ano, foi empossada a professora Francisca Ângela Oliveira Holanda, eleita para um período de 03 anos, por ocasião da primeira eleição realizada no Estado do Ceará para dirigentes escolares. A professora foi candidata única. Para compor o Núcleo Gestor, convidou as professoras: Rita de Cássia de Sousa, para Diretora Administrativa e Áurea Maria Alves Ferreira, para Coordenadora Pedagógica.

 

Em 1998, duas candidatas concorreram ao cargo de Diretor Geral: Maria Erivanda da Silva e Lúcia Maria Gomes. Como não foram aprovadas na primeira etapa, a Diretora do CREDE 07, professora Maria Inalda Alves dos Santos, designou a professora Francisca Vandira do Nascimento, para assumir a Direção da referida Escola. Como a maioria das Escolas da Rede Estadual ficou com o Grupo Gestor incompleto, foi realizada uma nova eleição maio de 2000. Desta vez, três candidatas se propuseram a participar da seleção: Lúcia Maria Gomes, Francisca Vandira do Nascimento e Francisca Ângela Oliveira Holanda, destas, apenas duas, Vandira e Lúcia, disputaram os votos da Comunidade Escolar. A Diretora eleita foi a professora Lúcia Maria Gomes, com uma diferença de apenas votos 10 (dez) votos.

 

Ao cumprir seu mandato de um ano e seis meses, a professora Lúcia Maria Gomes fez nova seleção, e sendo aprovada, colocou seu nome a apreciação da comunidade escolar que a reelegeu com 64% dos votos, onde permaneceu no cargo de gestora até 2003, não concluindo o seu mandato.

 

Novas eleições foram realizadas, onde foi eleita a Professora Rita Maria Fernandes que assumiu a gestão da escola até dezembro de 2004, concluindo o mandato deixado pela Professora Lúcia Maria Gomes.

 

Em dezembro de 2004, novas eleições foram realizadas para o período de 2005 a 2008. A Escola nesse momento apresentou para a comunidade escolar a Professora Ana Célia Camelo Barrocas como candidata única.

 

A diretora eleita escolheu para compor o Núcleo Gestor o Professor Francisco Ferreira Costa para a Coordenação Pedagógica e Maria do Socorro Vieira Pinto para a Secretaria da escola.

 

Uma das iniciativas da Professora Ana Célia foi a de melhorar as condições físicas da escola, solicitando mediante projeto a construção de um auditório, a coberta da quadra esportiva, uma sala de aula, ampliação do banco do livro e o rol de entrada da escola, além de uma secretaria ampla e bem estruturada. Em sua gestão foram ainda reformadas duas salas para Laboratório de Informática, uma das quais, padrão.

 

Na gestão da professora Ana Célia, a escola continuou a desenvolver projetos como o Tonomundo, iniciativa do Instituto Oi Futuro em parceria com a Escola do Futuro da USP, iniciado na escola em 2000; o Projeto Esporte na Escola, lançado em Fevereiro de 2008, com iniciativa da Secretaria do Esporte em parceria com a Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE) e a Secretaria da Educação e Secretaria da Cultura - SECULT e o Projeto Segura Essa Onda, desenvolvido pela ONG Catavento Comunicação e Educação. Esses projetos contribuem para a democratização do conhecimento, a inclusão social e digital, além de promover na escola espaços de diálogo e participação dos jovens colaborando para o exercício da cidadania.

 

Em janeiro de 2009, o professor Francisco Ferreira Costa, que exercia o cargo de Coordenador Pedagógico no mandato de 2005 a 2008, foi convidado pela Coordenadora da CREDE 07 para exercer interinamente a função de diretor. Em março de 2009 a escola passou novamente pelo processo de eleição para a escolha do novo diretor, já que o mandato da professora Ana Célia Camelo Barrocas tinha encerrado. Foi apresentado a comunidade escolar Francisco Ferreira Costa como candidato único. Na oportunidade o candidato apresentou seu plano de trabalho comprometendo-se, caso eleito, cumprir as metas desse plano.

 

Aos 30 de março, com 582 votos válidos, foi eleito Francisco Ferreira Costa como diretor da referida Escola. O mesmo foi empossado dia 08 de abril de 2009 pelo conselho escolar perante pais, alunos, professores, funcionários e autoridades municipais e regionais.

 

O diretor, usando de suas atribuições, convidou os professores Francisco Tabosa Honório dos Santos e Lauriza Maria Alves Santos para ocuparem o cargo de coordenadores escolares.

 

Como a escola era do tipo “C” e para compor o núcleo gestor seria necessário três coordenadores escolares. Foram ocupadas duas vagas e a outra ficou em vacância, sendo preenchidas somente em dezembro de 2009 pelo professor Vanderley Cláudio Vieira. Em 2010 com a desistência do professor Francisco Tabosa Honório dos Santos do cargo de coordenador escolar foi convidado, pelo então diretor, o professor José Silva Ribeiro para ocupar a vaga existente. Em novembro de 2010, foi convidado o professor Adelmo Lima Santos, após seleção a nível regional, para exercer o cargo de coordenador escolar das extensões rurais.

 

Como requisito da seleção de diretores, foi elaborado o PLAMETAS (Plano de Metas), onde foram definidas as principais metas para a gestão de 2009 a 2012.

 

Durante a referida gestão muitas melhorias foram realizadas: construção de um laboratório multidisciplinar de ciências, reformar a quadra esportiva (alambrado e piso industrial), espaços estes imprescindíveis para o desenvolvimento dos educandos.

 

Assim como na gestão anterior foram trabalhados os projetos Esporte na Escola em parceria com a confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE) e FUNCAP (Fundação Cearense de Apoio ao desenvolvimento científico e tecnológico) até 2010; o projeto “Segura Essa Onda” desenvolvido pela ONG - Catavento Comunicação e Educação, com o funcionamento da Rádio-Escola Onda Jovem. Este projeto foi ampliado e foram capacitados alunos e professores para dinamizarem a Agência Jovem de Notícias, com o apoio da mesma ONG, que funcionou na escola até o final de 2011.

 

Outro ponto relevante foi a concretização da lei da merenda escolar para o ensino médio, que viabilizou servir merenda de boa qualidade para os estudantes, incluindo a aquisição de alimentos da agricultura familiar, melhorando a renda dos agricultores da cidade de Paramoti e a qualidade das refeições servidas.

 

A referida gestão preocupada com a qualidade do ensino, desde a elaboração de seu plano de metas focou suas ações na aprendizagem e no sucesso dos alunos. Em 2009 com o objetivo de melhorar os resultados da escola nas avaliações externas como ENEM e SPAECE, foram realizadas oficinas com os alunos do 1º, 2º e 3º anos. Houve também a revitalização do acervo bibliográfico com o objetivo de melhorar a leitura e interpretação de toda comunidade escolar; a revitalização do laboratório de informática; a feira de leitura (FEIRA DE CIÊNCIAS) da escola foi pensada de forma a atender os padrões das feiras estaduais, isso resultou em premiação para os melhores trabalhos e um incentivo para todos os alunos que participaram da feira na escola.

 

Em 2010, com a execução do PDDE foram entregues kits para todos os alunos composto por caderno, caneta, lápis, borracha e apontador. Ainda no mesmo ano aconteceu a revitalização do laboratório de ciências e reposição de mesas e cadeiras para uso dos professores em sala de aula, acessibilidade, pintura da escola, reforma, reposição de luminárias nas salas de aula, reforma da cozinha, inclusive com o recebimento de freezer, fogão industrial, geladeira, liquidificador industrial, botijões de gás, instrumentos musicais e aquisição de utensílios de cozinha. Além disso, foram instalados na escola pontos biométricos para frequência digital dos estudantes, lavatórios no roll de acesso aos banheiros, ventiladores de parede e de teto, impressoras, computadores, estantes, armários e outros equipamentos.

 

O trabalho pedagógico nessa gestão se desenvolveu bastante e evoluiu, intensificando os acompanhamentos pedagógicos, realizando ações em comemoração a datas diversas, propondo inovações ou sugestões pedagógicas para melhorar as aulas tornando-as mais dinâmicas e criativas, buscando sempre e principalmente diminuir a evasão e reprovação dos alunos.

 

Em maio de 2011 foi realizada na escola uma reforma elétrica e a adaptação do pátio coberto para funcionar como refeitório, bem como o forramento do auditório. Neste serviço foi feita também a iluminação da quadra e a instalação de mais um bebedouro no corredor da escola.

 

Em todos os momentos, as decisões foram democráticas. O Conselho Escolar e o Grêmio Estudantil, bem como líderes de turmas foram parceiros em todas as decisões que foram tomadas na escola, visando sua melhoria, através da definição de prioridades.

 

Desta forma, a partir de 2013, a escola se propôs a enfrentar mais um grande desafio, que é a implantação da REORGANIZAÇÃO CURRICULAR DO ENSINO MÉDIO DIURNO E NOTURNO, na sede e nas extensões rurais. Adotou a semestralidade como proposta de reorganização em 2013, porém, em 2014, por várias razões passou para a semanalidade, que continuou em 2015. Em 2016, todos os professores foram de acordo retornar para a anualidade, pois era o que favorecia mais aos professores e alunos.

 

No dia 1º de junho de 2017, a tão esperarada escola nova foi inaugurada. A partir desta data a escola começou a funcionar em novo prédio, novas instalações, novos projetos, expectativas. Foi um momento de muita alegria, pois há mais de 6 anos anos se esperava por este momento.

 

Ademais, a escola nova conta com equipamentos, espaços, projetos e atividades que ajudam na dinamização do ensino e da aprendizagem, como:

 

  1. Dois laboratórios de informática, com máquinas novas;
  2.  Rádio Escola

  3. Quadra coberta

  4. Laboratórios de Matemática, Química Física e Biologia

  5. Sala dos Professores Padronizada

  6. Cozinha, depósito de merenda e DML (num mesmo bloco)

  7. Refeitório amplo e arejado

  8. Sala de coordenadores escolares

  9. Sala de Coordenadores de Área

  10. Biblioteca com vasto acervo

  11. Diversos equipamentos para o ensino de música e formação de grupos musicais

  12. 10 salas de aula equipadas com mesas, cadeiras individuais e ventiladores

  13. Geladeiras, congeladores, liquidificadores, forno micro-ondas, cafeteira e outros equipamentos de cozinha para a sede e extensões rurais

  14. Livro Didático para todas os alunos, de todas as disciplinas do currículo

  15. Apoio e orientação pedagógica, com vistas à melhoria os resultados do SAEB, ENEM e SPAECE

  16. Realização de Olimpíadas Nacionais, como: OBMEP e ESCREVENDO O FUTURO e outras

  17. Atendimento instantâneo às demandas de transferências e outras documentações dos alunos ativos e egressos

  18. Ampliação e manutenção da EJA (Educação de Jovens e Adultos) para pessoas com mais de 18 anos que não concluíram o ensino médio

  19. Revitalização bienal do Grêmio e Conselho Escolar

  20. Implantação e manutenção da Unidade Executora

  21. Entrega de certificado e histórico dos alunos concluintes do Ensino Médio, logo após a sua conclusão

  22. Resgate das festividades de colação de grau

  23. Realização de datas comemorativas, como: Festa Junina, Dia das Mães e Pais, professores, funcionários e outras

  24. Realização de interclasse, duas vezes ao ano, com várias modalidades competitivas

  25. Realização de Feira de Ciências e Cultura, anualmente

  26. Inclusão de alunos com deficiência (visual, auditiva e síndrome de Down)

  27. PPDT para todas e turmas da sede (1ª, 2ª e 3ª)

  28. Manutenção do Projeto Geração da Paz, com definição da Agenda 22

  29. NTPPS – Núcleo de Trabalho, Pesquisa e Práticas Sociais em todas as turmas de ensino médio regular da sede

  30. Continuidade das avaliações bimestrais voltadas para o ENEM – tipo simulados

  31. Revisão da Proposta Pedagógica e Regimento Escolar, anualmente

 

 

 

A escola foi eleita, mediante o Prêmio Gestão 2012 do CONSED, como a melhor da 7ª CREDE, dando-lhe condição para concorrer com outras das demais CREDE do estado.

 

Em 2107, novamente a escola se inscreveu para o referido certame.

 

Enfim, a escola funciona com primícias de gestão que possibilita à comunidade utilizar seus meios de aprendizagem de forma satisfatória e sempre que tiver necessidade, dando ao ensino características que o identifiquem com a clientela que atende, visando sempre o sucesso de todos que a procuram.

 

 

 

1.2 Função Social da escola

 

Assegurar aos estudantes de ensino médio uma formação crítica, criativa, com capacidade para continuar aprendendo com autonomia e competência, em prol do desenvolvimento intelectual e consequentemente atender as necessidades individuais e sociais dos educandos.

 

 

 

1.3 Missão da escola

 

Promover um ambiente educativo de qualidade que garanta, um espaço social com equidade, onde a educação seja um instrumento de cidadania e de redução das desigualdades econômicas, sociais e multiculturais, focando sempre o sucesso do aluno.

 

 

 

1.4 A comunidade que atendemos

 

A EEM Tomé Gomes dos Santos atende uma clientela que em sua maioria é proveniente da zona rural, são pessoas de baixa renda e que apresentam várias necessidades sociais. Alguns pontos, precisam ser analisados, discutidos e se buscar soluções, dentre esses, temos a situação econômica que muitas vezes o processo de globalização, a tecnologia e a não detenção do conhecimento contribuem para a exclusão dos jovens da sociedade e provocam desigualdades econômicas, sociais e culturais. Além disso, os valores universais estão sendo esquecidos pelo consumismo o que muitas vezes ameaça a instituição mantenedora dos valores morais e imprescindíveis para o equilíbrio emocional das pessoas, denominada família. Por isso a escola reconhece a grande importância da parceria família-escola para o desenvolvimento do processo do ensino e da aprendizagem e consequentemente do sucesso do educando, percebendo a educação como um instrumento de redução dessas desigualdades, gerando oportunidades de acesso ao mundo globalizado e tecnológico, proporcionando uma visão crítica da realidade e do mundo, abrindo caminhos e possibilidades de uma melhor qualidade de vida, através da vontade e decisão dos dirigentes tanto educacionais quanto políticas de um modo geral.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1.5 Estrutura Organizacional

 

1 - Nome da Escola: EEM TOMEGOMES DOS SANTOS

2 - COD. SEEC: 23051671

3 – CNPJ: 07.954.541/0265-15

4 - Município/Distrito: PARAMOTI/CE

5 - Extensões Rurais: ORIENTE

6 - Nome do Diretor: FRANCISCO FERREIRA COSTA

7 - Membros do Núcleo Gestor:

  • DIRETOR: FRANCISCO FERREIRA COSTA

  • COORDENADORES ESCOLARES: MÔNICA SILVA PINHO PONTES e RITA MARIA PINHEIRO PIRES

  • SECRETARIA ESCOLAR: MARIA DO SOCORRO VIEIRA PINTO

  • ASSESSORA FINANCEIRA: KATIANA GOMES RIBEIRO

8 - Professores Coordenadores de Área: Bruna Maria Sous Amorim, Jerrilene Dantas de Aguiar e Dayana de Paula Sousa

9 - Conselho Escolar:

  • PRESIDENTE: BRUNA MARIA SOUSA AMORIM (professora)

  • VICE – PRESIDENTE – MARIA DO SOCORRO VIEIRA PINTO (funcionária)

  • SECRETÁRIA: CARLIANA SOUSA SILVA (professora)

  • REPRENTANTE DOS PROFESSORES: Bruna Maria Sousa Paiva e Carliane Sousa Silva

  • REPRESENTANTE DE PAIS: Maria Betânia Martins Santos e Benedita Alves de Lima

  • REPRESENTANTE DE ALUNOS: Estevão Sampaio Oliveira e Estevão Filho Castro Arruda

  • REPRESENTANTE DE FUNCIONÁRIOS: Maria do Socorro Vieira Pinto e Antonia Rozinete Pereira da Silva Teixeira

  • SOCIEDADE CIVIL: Marcos Antonio Silva Santos e Djalma Ferreira Honório

 

10 - Grêmio Estudantil:

  • PRESIDENTE: João Edson Dantas Silva

  • VICE-PRESIDENTE: Thais Barbosa Xavier

  • SECRETÁRIO: Gabrielly Freitas Barbosa

  • TESOUREIRO: Emanuelle de Fátima Almeida Gomes

11 - Endereço: RUA Orleans Farias, s/n – Santa Cecilia – PARAMOTI/CE CEP: 62.736-000

12 - Telefone: (85) 3320 1418

13 - E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo." target="_top">O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

14 - Localização: SEDE DO MUNICÍPIO DE PARAMOTI/CE (ZONA URBANA)

15 – Nível de Ensino ministrado na Escola: ENSINO MÉDIO REGULAR e EJA MÉDIO PRESENCIAL

16 - Número de alunos (2017): 423 16.1 - Número de turmas: 13

 

--MATRÍCULA DA SEDE - Manhã: 196 (5 turmas); Tarde: 119(3 turmas); Noite: 39 (2 turma)

 

--EXTENSÕES RURAIS: Oriente: 68 (tarde – 3 turmas)

 

--EJA MÉDIO (noturno): 2 turmas: 39 alunos

17 - Número de professores em regência de classe: 30

    1. Número de professores em outras atividades pedagógicas: 1

    2. Percentual de professores com Licenciatura Plena em sala: 100%

18 – Número de funcionários: 11 (11 TERCEIRIZADOS )

19 - Número de salas de aula: Sede: 10 Rurais: 03 (3 Oriente)

20 - Laboratório de Informática: 02

21 – Biblioteca Escolar: 01

22 - Quadra Esportiva Coberta: 01

23 - Organismos Colegiados em atuação na Escola: CONSELHO ESCOLAR, GRÊMIO ESTUDANTIL , UNIDADE EXECUTORA e CONSELHO DE CLASSE

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Diretora

 

Calendário

Novembro 2018
D S T Q Q S S
28 29 30 31 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 1

CREDE 07 - Canindé - Rua Tabelião Facundo nº 236 Bairro: Centro Municipio: Canindé-CE
Fone: (85) 3343-6815 / 3343-6824 - Mapa de Localização

© 2008 - Governo do Estado do Ceará. Todos os Direitos Reservados